Dicas para cabeleireiros: hidratações de inverno que vão conquistar a clientela

Ninguém resiste a um banho super quente no inverno gaúcho, né? Infelizmente, nem nossas madeixas. O contato estendido com a água quente agride bastante o couro cabeludo e, em resposta, aumenta a oleosidade e logo aparece a descamação. Além disso, a temperatura baixa reduz a produção das glândulas sudoríparas, segundo afirma a dermatologista e tricologista Cristiane Kanashiro, em entrevista à revista Cabelos & Cia. Ou seja, transpiramos menos e isso faz com que os fios percam a hidratação natural que vem do suor e possui substâncias minerais, água e sebo.

É por isso que, nesta época, é preciso orientar as clientes pra investir mais em hidratação e outros cuidados – e aproveitar a deixa para conquistá-las! Aliás, uma boa dica é oferecer pacotes de tratamento e fazer promoções voltadas a isso. Abaixo, confira algumas ideias bacanas:

#forçanaperuca: reconstrução capilar

A reconstrução já é a queridinha de muitas clientes, né? Pois bem, ela também é ideal para mandar embora o estrago causado pelo vento gelado dos pampas, pelo secador e, como já sabemos, pela química. Quando for escolher alguma das técnicas de reconstrução, não abra mão da reposição dos aminoácidos perdidos pelo fio. Também é determinante no resultado que o cabelo seja nutrido e que se preencha as falhas que estão na fibra capilar, já que os fios danificados ficam muito mais fracos e podem, inclusive, se partir.

O primeiro passo é a limpeza profunda do cabelo. O shampoo antirresíduo é mais alcalino e força a abertura das cutículas da fibra capilar, eliminando todos os resíduos dos fios e do couro cabeludo. Nós da Nova Era apostamos nos da Haskell, Charis, Aquaflora, Bio Extratus e QOD. Depois é a hora da queratina, responsável pela proteção dos fios. Os especialistas indicam produtos à base de proteína no comprimento e pontas do cabelo. Nesse caso, indicamos as da Charis, Haskell e Lola Cosmetics. Só então vamos para a máscara reconstrutora, existem vários produtos com princípios ativos que recuperam a fibra capilar, como os da Lola Cosmetics, Inoar, Yenzah e Forever Liss. Agindo profundamente nos cabelos, nutrem, hidratam e selam a cutícula capilar, deixando as madeixas saudáveis e brilhosas. Para finalizar o tratamento, é indicada a aplicação de um leave-in nutritivo, que ajuda a selar a hidratação, realçar o brilho e ainda garantir uma proteção extra.

Cor intensa

Com o passar do tempo, é natural que o cabelo comece a desbotar, e o profissional do salão deve estar preparado para oferecer boas soluções para intensificar e uniformizar a coloração. Primeiro analise a situação da cor para definir qual tom deve ser usado. João Mata, do tradicional salão paulista Labeau Cabeleireiro, dá a dica: “Se a cliente tem o cabelo na altura 6, com as pontas clareadas pelo sol chegando ao 8, passo uma coloração 7 apenas nessa área, com o cuidado de corrigir nuances indesejadas. Em seguida, faço a aplicação da tonalidade 6 na raiz e depois no comprimento e nas extremidades”.

A reposição da massa, segundo o especialista, pode ser feita com o protocolo Pro Fiber da L’Oréal Professionnel. O último passo é o “corte tratamento”: “Pego seções transparentes, vejo se algum fio está mais longo que os outros e então igualo o tamanho. É natural aparecer esse cabelo um tanto maior. O problema é que ele provoca o embaraço das mechas, podendo até resultar em quebra”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s